Facebook Pixel

05/09/2017 publicado por

Maquiagem causa espinha?

Maquiagem causa espinha?

Quem tem pele oleosa e com tendência à acne costuma viver com receios quanto ao uso de alguns cosméticos. Um deles é o seguinte: maquiagem causa espinha? Há um tempo atrás, esses produtos eram, quase todos, feitos à base de óleo. O que deveria ser um recurso importante para esconder as lesões tornava-se, então, um agravante do problema.

A condição, inclusive, tem um nome: acne cosmética. Esse tipo de espinha surge com o uso excessivo de cremes faciais, maquiagem e até condicionadores de cabelo (especialmente, quando são de má qualidade ou muito ricos em óleo).

Felizmente, a indústria dos cosméticos evolui cada vez mais. Hoje, maquiagem causa espinha somente se não houver um cuidado adequado com a cútis e se os produtos escolhidos forem impróprios para o tipo de pele.

Maquiagem causa espinha apenas quando é usada de forma incorreta

Em primeiro lugar, é preciso ler os rótulos com atenção.

Para pessoas com pele oleosa (a testa e o nariz, principalmente), os produtos devem conter o termo oil free na embalagem. A maquiagem ideal, nesses casos, deve ser à base de água, em forma de gel ou fluido, para impedir o surgimento de cravos e espinhas. Além disso, cosméticos vencidos devem ser descartados imediatamente, para evitar irritação cutânea.

Mesmo usando os produtos certos, o melhor é deixar a pele respirar (ou seja, não usar maquiagem quando for possível). Isso porque a poluição e o suor já obstruem os poros.

Caso essa possibilidade não exista, a orientação é utilizar cosméticos hidratantes, livres de óleo e com fator de proteção solar (inclusive os batons), além de seguir algumas recomendações para evitar a acne.

O que fazer antes e depois da maquiagem para prevenir as espinhas

  1. O primeiro passo é estar com a cútis limpa. O rosto deve ser lavado com sabonete próprio para peles oleosas e acneicas e com água gelada, para fechar os poros e controlar a secreção natural de sebo.
  2. Aplicar um tônico adstringente logo em seguida ajuda a eliminar os resquícios de sujeira.
  3. Outra etapa importante é espalhar um hidratante oil free específico para o rosto quando a maquiagem for para a noite. Durante o dia, a dica é substituir o produto por um protetor solar.
  4. O primer é um item cosmético que prepara a pele, fecha os poros e deixa a cútis com menos brilho. Por isso, usá-lo pode ser interessante.
  5. Ao chegar em casa, higienize o rosto imediatamente. Repita os procedimentos da preparação: lavar com água e sabonete, aplicar tônico e hidratante ou filtro solar. O demaquilante utilizado também deve ser oil free.
  6. Por último, a regra de ouro: independentemente do tipo de cosmético, nunca (jamais!) durma sem remover a maquiagem. Isso facilita o surgimento de cravos e espinhas, além de alterar a regeneração celular e a nutrição do tecido.

O mais indicado é consultar um dermatologista se a acne persistir, mesmo seguindo essas orientações e cuidando da pele e da alimentação corretamente.