Facebook Pixel

17/08/2017 publicado por

Atenção aos cuidados com a pele no inverno

Atenção aos cuidados com a pele no inverno

O inverno é a estação preferida de muita gente, mas não é, exatamente, a favorita de nossa pele. O ar seco e as baixas temperaturas prejudicam sua oleosidade natural, que retém a umidade no organismo, e isso favorece algumas complicações. O que acontece, então, é que ficamos mais suscetíveis ao ressecamento, a alergias, coceira, irritações e até a doenças.

Os cuidados com a pele no inverno são necessários independentemente do tipo cutâneo. Confira minhas dicas a seguir.

Principais cuidados com a pele no inverno

  1. Hidrate-se: é o mais importante dentre os cuidados com a pele no inverno. A melhor maneira de executá-lo é bebendo água (pelo menos, dois litros por dia). Um creme hidratante pode ser um reforço extra, mas ele deve ser adequado ao seu tipo cutâneo.
  1. Evite banhos muito quentes: a água quente remove a umidade natural da pele. Tente um meio termo, a água morna. Óleos de banho podem ser uma alternativa interessante para auxiliar na hidratação.
  1. Continue usando protetor solar: o sol, no inverno, prejudica a pele tanto quanto no verão. Não se deixe enganar! O filtro solar deve ser usado em todas as estações.
  1. Proteja os lábios: essa é uma das primeiras regiões do corpo a serem afetadas pelo frio. Manteiga de cacau e hidratantes específicos, aplicados quantas vezes forem necessárias, podem ajudar a recuperar essa área sensível.
  1. Alimente-se bem: o frio dá mais vontade de fazer refeições gordurosas e calóricas. Resista a essa tentação e mantenha um cardápio saudável e equilibrado.
  1. Cuide das mãos e dos pés: cremes com vitamina E podem ajudar a hidratar essas regiões, que tendem a ficar bastante ressecadas no inverno.
  1. Invista em um umidificador de ambiente, para os dias mais secos.
  1. Escolha bem seu sabonete: opte por produtos hidratantes, tanto para o corpo quanto para o rosto.
  1. Esfolie, mas com cuidado: essa é uma parte importante dos cuidados com a pele no inverno, porque remove as células mortas. No entanto, durante os dias frios, a esfoliação deve ser mais leve e acontecer em intervalos mais espaçados de tempo.

Tratamentos dermatológicos no inverno

Além dos cuidados com a pele no inverno, é possível dar atenção à cútis realizando tratamentos dermatológicos. A época, inclusive, é favorável para isso, por conta da menor exposição solar. Dois exemplos interessantes de procedimentos são:

Peeling químico

Utiliza substâncias ácidas para promover a esfoliação e a descamação da pele. O objetivo é regenerar o tecido epitelial, melhorando sua textura. É indicado para o tratamento de manchas, acne, rugas finas, estrias e flacidez, porque estimula a produção de colágeno.

Procedimentos a laser ou com luz intensa pulsada

A aplicação de laser erbium fracionado pode ser realizada satisfatoriamente no inverno. A tecnologia serve para melhorar a textura da pele, os poros dilatados, manchas, olheiras, rugas, estrias e cicatrizes. Além disso, tanto o laser quanto a luz pulsada podem ser usados  para a depilação permanente.